Calvário: Bancada de situação na Assembleia rejeita requerimento do Deputado Wallber Virgolino, que pede afastamento de Livânia Farias e Waldson de Sousa

Publicado em 14 mar 2019 - Silvano Dias

Em mais uma “cartada”, a bancada de situação na Assembleia Legislativa da Paraíba continua a “blindar” membros do Governo do Estado alvos da Operação Calvário do Ministério Publico, que desbaratou esquema criminoso de desvio de dinheiro, propina e caixa dois em eleições, crimes promovidos com recursos oriundos de fraude no contrato da Organização Social Cruz Vermelha com o Governo do Estado da Paraíba.

Em votação, os parlamentares de situação derrubaram requerimento de autoria do deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas), solicitando ao governador João Azevedo que “afaste previamente os secretários de estado Waldson de Sousa e Livânia Farias, até que sejam concluídas as investigações da Operação Calvário”.

A bancada de situação rejeitou ainda outros dois requerimentos, um que trata da sustação do contrato firmado entre o Governo do Estado e a Organização Social Cruz Vermelha, outro que formula votos de aplausos ao Ministério Público do Estado, através do Gaeco, bem como à Comissão  de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa – Ccrimp, pelo excelente trabalho desempenhado na Operação Calvário.

FONTE: ParaíbaRadioBlog.com