Confira as manchetes dos principais jornais do país

Publicado em 20 fev 2019

Folha de São Paulo: Áudios confrontam Bolsonaro
“Conversa colide com versões do presidente, que chamou Bebianno de mentiroso”

Estado de São Paulo: Com base de apoio incerta, Bolsonaro leva reforma à Câmara

O Globo: Áudios contradizem versão de Bolsonaro para demissão

Agora: Governo apresenta hoje reforma da Previdência

Zero hora: Previdência chega ao Congresso em meio a tensão e derrota no plenário

Extra: Militares terão que recolher até R$ 10,5% para a previdência depois da reforma

Meia hora: Espancador já teria batido até na própria mãe

Correio do povo: Moro leva à Câmara três projetos anticrime

Valor econômico: Ford opta por incentivo e fecha fábrica em SP

Lance São Paulo: Líder de assistências do Timão, Sornoza pode ajudar Gustagol, valorizado pela diretoria, mais uma vez, hoje, em jogo decisivo

Lance Rio de Janeiro: Vacinado após passar sufoco na primeira fase, Vasco encara Serra em novo desafio pela Copa do Brasil

O dia: Entenda proposta para regra de transição da aposentadoria

Correio Braziliense: GDF anuncia aumento e concurso da Polícia Civil

Diario de Pernambuco: Fraude de R$ 400 milhões no Sistema S

Jornal do commercio: PF mira cúpula da indústria

Exclusivo! Blog do Silvano Dias teve acesso aos áudios da conversa entre Jair Bolsonaro e Gustavo Bebianno – Confira!

Publicado em 19 fev 2019

Os áudios – reproduzidos abaixo – das conversas entre Jair Bolsonaro e Gustavo Bebianno, então secretário-geral da Presidência, comprovam que eles conversaram três vezes na terça-feira passada, 12 de fevereiro, ao contrário do que faz parecer o tuíte de quarta-feira, 13, do filho Carlos Bolsonaro, compartilhado pelo presidente, quando o vereador acusou Bebianno de dizer uma “mentira absoluta” ao relatar o ocorrido ao jornal O Globo.

Confira os Áudios:

Por Silvano Dias

Bebianno diz ter “papéis e documentos”, mas se cala sobre gravações

Publicado em 18 fev 2019

A essa altura, emissários de Jair Bolsonaro procuram Gustavo Bebianno para evitar o mal maior: futuras revelações do quase ex-ministro sobre a campanha eleitoral, a transição e as primeiras semanas do governo. Disse a um deles que têm “papéis e documentos”, que, ao entender, comprometem. Foi perguntado sobre possíveis gravações, como conversa de celulares. Nada respondeu.

FONTE: Veja

Bolsonaro vai demitir Bebianno, diz O Globo

Publicado em 16 fev 2019

Depois de uma reunião com outros ministros, Jair Bolsonaro decidiu exonerar Gustavo Bebianno após crise interna. A decisão aconteceu no início da noite desta  sexta.

Interlocutores do Governo dizem que a reunião foi tensa. 

Segundo informações do jornal O Globo, Bebianno ainda foi convidado por Bolsonaro a ocupar a diretoria de uma estatal, mas não aceitou. Por isso, ficou decidido que será exonerado, conforme relato de auxiliares do presidente. Eles ainda dizem que o assunto continuará sendo tratado no fim de semana pelo governo.

Segundo fontes próximas ao governo, segunda-feira estaria marcada uma nova conversa entre o ministro e presidente, mas o vazamento de informações pela imprensa acelerou o processo.

Ao longo da semana, Bebianno tentou se reunir com Bolsonaro várias vezes, mas foi ignorado até esta tarde. Em um primeiro momento, o vice-presidente Hamilton Mourão, de Onyx e de Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional participaram da conversa. 

Ao final, o ministro e o presidente se reuniram sozinhos em um diálogo ríspido, com ataques de ambos os lados.

A decisão acontece após o ministro vazar áudios privados de Bolsonaro para veículos de imprensa. Bebianno é um dos protagonistas do processo de desgaste causado por denúncias envolvendo irregularidades na sua gestão à frente do caixa eleitoral do PSL, partido dele e de Bolsonaro.

Leia em O GLOBO.

Bombeiros: CT do Flamengo que pegou fogo estava com documentação irregular

Publicado em 8 fev 2019

O Corpo de Bombeiros Militares do Rio de Janeiro (CBMERJ) informou que o CT do Flamengo que foi atingido por um incêndio nesta sexta-feira (8) não estava com a documentação regularizada. De acordo com a corporação, o local não possuía o Certificado de Aprovação (CA) – que atesta que a instalação está de acordo com a legislação vigente no que diz respeito a dispositivos contra incêndio.

Os bombeiros ressaltaram, no entanto, que isso não significa necessariamente que o CT não era seguro. “Importante esclarecer que a não existência do CA não significa, por si só, que o local não possuía os dispositivos, e sim que não era aprovado pelo CBMERJ.”

A corporação afirmou ainda que o CA não se trata de alvará de funcionamento (documento exigido para estabelecimentos comerciais) ou habite-se (para imóveis residenciais), emitidos pela Prefeitura, mas faz parte de um processo de legalização de edificações que envolve outros órgãos.

Com Estadão Conteúdo

Vídeo: Incêndio no CT do Flamengo mata 10 pessoas e deixa 3 feridas

Publicado em 8 fev 2019

Aconteceu um incêndio de grandes proporções no Centro de Treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, na madrugada desta sexta-feira (8). De acordo com os Bombeiros, 10 pessoas morreram e 3 estão feridas, sendo que duas estão em estado grave. O fogo só foi controlado por volta das 7h (de Brasília), após duas horas de trabalho.

De acordo com o portal G1, os 3 feridos foram identificados. São eles Cauã Emanuel Gomes Nunes, 14 anos; Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos; e Jonathan Cruz Ventura, 15 anos. Os Bombeiros informaram que só o clube anunciará quem são os mortos, após identificação da Polícia Civil.

O Ninho do Urubu fica na zona Oeste do Rio de Janeiro. É o local de treino da equipe profissional do Flamengo e também serve como alojamento de jovens das categorias de base. De acordo com informações da Bandnews, o incêndio aconteceu justamente onde estavam garotos com idade entre 14 a 17 anos. Os 3 feridos foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

O Flamengo ainda não se manifestou sobre o ocorrido. Um treinamento do time profissional está agendado para a manhã desta sexta, mas provavelmente será adiado. Também existe a possibilidade de mudar a data do clássico entre Flamengo e Fluminense, pela semifinal da Taça Guanabara, que aconteceria neste sábado (9).

Outros clubes, como os rivais Fluminense, Botafogo e Corinthians, lamentaram o incêndio nas redes sociais antes de qualquer pronunciamento do Fla.

Rompimento de barragem em Brumadinho tem de ser tratado como crime, diz Marina Silva

Publicado em 28 jan 2019

Pouco mais de três anos após o caso de Mariana, a tragédia se repete em Brumadinho. O caso, porém, não deve ser tratado como acidente, mas como crime. A afirmação é da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã da Jovem Pan. “Em primeiro lugar, tem que tratar esse tipo de acontecimento não como se fosse acidente, um desastre, mas como crime mesmo”, declarou.

Por Silvano Dias

Veja o momento em que a sirene de alerta foi acionada em Brumadinho neste domingo

Publicado em 27 jan 2019

Na manhã deste domingo (27), a Vale acionou sirenes de alerta em Brumadinho, Minas Gerais, devido ao risco iminente de rompimento em mais uma barragem da região da Mina Córrego do Feijão. Moradores registraram o momento e compartilharam vídeos nas redes sociais. As imagens mostram que, após o apito da sirene, um locutor avisa que todos devem deixar suas casas: “Atenção! Atenção! Evacuação geral da área! Procure o local mais alto da cidade! Evacuação de emergência”.

A mineradora lançou o alerta por volta das 5h30 devido ao risco na barragem B6, que desde sábado já estava sendo drenada. As comunidades próximas foram levadas para os chamados pontos de alto salvamento, áreas mais altas dentro da própria região.

A sirene tocada foi de nível 2, que significa evacuação. Os trabalhos de buscas das vítimas do rompimento da barragem anterior, a B1, foram temporariamente interrompidos, já que os esforços do Corpo de Bombeiros ficaram concentrados no novo risco.

Os moradores da cidade relataram à imprensa que, na sexta-feira (25), quando ocorreu a tragédia, as sirenes não foram acionadas como deveriam. “Foi tudo muito rápido. Momento de pânico, pessoas assustadas. Parecia cena de filme. Se pudesse já teria ido embora daqui. Isso vai ser um inferno”, disse Maria Aparecida dos Santos, emocionada. “Há poucos meses, técnicos estiveram aqui na cidade para passar instruções da sirene. Falaram que, em caso de emergência, iria tocar. Mas não foi bem assim”.


Confira a trajetória do ator Caio Junqueira, que faria 33 anos de carreira em 2019

Publicado em 23 jan 2019

O ator Caio Junqueira, que morreu nesta quarta-feira, 23, no Rio de Janeiro, iniciou a carreira quando ainda era criança. Aos nove anos de idade, viveu o primeiro papel no seriado humorístico “Armação Ilimitada”, exibido na TV Manchete entre os anos de 1985 e 1988.

Seguindo na veia do humor, em 1988 Caio fez uma pequena participação no seriado “Escolascho”. Aos 12 anos fez a primeira atuação na teledramaturgia, na minissérie “Desejo” – contracenando com o ídolo, Tarcísio Meira, em 1990. Ainda no mesmo ano, o ator deu vida ao personagem “Tatau”, na novela “Barriga de Aluguel”.


Em 1994, Caio fez o seriado que era febre entre os jovens da época, “Confissões de Adolescente”, junto com atrizes que eram apostas da TV, como Deborah Secco. No mesmo ano, o ator fez participações em “A Viagem”, “A Vida Como Ela é”, “Hilda Furacão”, “Malhação”,”Chiquinha Gonzaga”, e “Engraçadinha”.

Em 1998, participou de programas policias como “Você Decide” e “Linha Direta”. Nas atrações, interpretava vítimas de casos fictíciospara os telespectadores decidirem os fim da história. Nos anos 2000, Caio se dedicou inteiramente aos papéis nas tramas de novelas, Ao todo, foram 14 personagens.

No cinema, o ator teve 12 participações entre curtas e longas. Em 1998, Caio participou do filme “Central do Brasil”, onde contracenou com a atriz Fernanda Montenegro (indicada ao Oscar de melhor atriz pelo mesmo filme). Em 2007 o ator deu uma pausa nas novelas e participou do filme “Tropa de Elite”, dirigido por José Padilha, onde viveu o policial do Batalhão de Operações Policiais Especiais do Rio de Janeiro (Bope) Neto Gouveia, o “06”.


No teatro, Junqueira atuou em duas montagens. Em 2005, esteve na peça “Os Justos”, de Albert Campos. Em 2008, fez “Hamlet” de Shakespeare, dirigido por Aderbal Freire-Filho e ao lado do ator e amigo Wagner Moura.

Em 2010, viveu o desajeitado detetive particular “Joca”, na novela “Ribeirão do Tempo” exibida pela Record. Na mesma emissora, interpretou personagens em novelas bíblicas como “José do Egito”, interpretando “Simeão”, e na novela “Milagres de Jesus”, em que foi Pedro Simão. Em 2015, Junqueira participou da primeira temporada da série “1 Contra Todos”, e, na Netflix, participou de “O Mecanismo”. A série dirigida por José Padilha aborda questões ligadas à política e foi inspirada na Operação Lava Jato.


O ator faleceu nesta quarta-feira, aos 42 anos, após sofrer complicações de saúde, decorrentes de um acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio, na última quarta-feira, 16. Caio estava internado na unidade coronariana desde que chegou ao hospital Miguel Couto.

FONTE: Correio Cearense

Em Davos, na Suíça: Bolsonaro sobre suspeitas contra filho: ‘Se ele errou, terá que pagar’

Publicado em 23 jan 2019

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que seu filho e senador Flávio Bolsonaro “terá que pagar o preoço de suas ações”, caso sejam confirmadas as suspeitas de pagamentos irregulares que pesam contra ele. “Se, por um acaso, ele errou e isso ficar provado, eu lamento como pai, mas ele vai ter que pagar o preço por essas ações, que não podemos aceitar”, disse Bolsonaro em entrevista à TV Bloomberg, em Davos, na Suíça, durante o Fórum Econômico Mundial.

Um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf)apontou que Flávio recebeu em sua conta depósitos fracionados no valor de R$ 2 mil cada no total de R$ 96 mil, além do pagamento de título da Caixa de R$ 1 milhão. Os dois casos estariam relacionados à compra de imóveis, de acordo com ele.


O órgão identificou ainda movimentações atípicas na conta de Fabrício Queiroz, ex-assessor do então deputado estadual. Segundo o relatório, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. Além disso, as informações do Coaf revelam que ele recebeu pagamento em sua conta de ao menos oito funcionários do gabinete de Flávio. FONTE: JP

Morre ator Caio Junqueira, de ‘Tropa de Elite’

Publicado em 23 jan 2019

Caio Junqueira morreu nesta quarta-feira (23), após acidente de carro na semana passada. Ele estava internado desde o último dia 16, no Hospital Miguel Couto, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Rio.

O veículo que o artista dirigia capotou e ele ficou preso nas ferragens. O capotamento aconteceu no Aterro do Flamengo, na zona sul da capital fluminense, por volta das 13h do dia 16. Caio foi socorrido no local e levado para o hospital. Ao longo da semana, familiares afirmaram que o quadro era grave e pediram orações.

Caio ficou conhecido por seu trabalho em “Tropa de Elite”, filme no qual interpretou o aspirante Neto, e também participou da série “O Mecanismo”, da Netflix.

FONTE: JP

Laudo da Polícia Federal relaciona Palocci, Lobão e Delfim Netto a propinas da Usina de Belo Monte

Publicado em 21 jan 2019

Um laudo anexado pela Polícia Federal ao inquérito que investiga irregularidades na construção da Usina de Belo Monte confirma informações reveladas pelo ex-ministro Antonio Palocci em delação premiada. Ex-chefe da Fazenda e da Casa Civil, ele incriminou os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff ao relacioná-los a negociações de propina para PT e MDB.

A obra foi a maior do setor elétrico realizada nos governos petistas, e o documento pericial teria confirmado dados sobre corrupção da empreiteira Odebrecht. Ao menos R$ 135 milhões foram cobrados das empresas envolvidas no leilão de concessão e obra – inicialmente orçada em R$ 13 bilhões e que vai custar mais de R$ 30 bilhões.