Morre Roberto Dinamite, maior ídolo da história do Vasco da Gama

Ele vinha realizando tratamento contra um tumor no intestino desde o final de 2021.Ex-jogador ganhou o apelido que marcou a carreira aos 17 anos, ao marcar o primeiro gol pelo clube onde se consagrou.

Morreu na manhã deste domingo (8), o ex-jogador Roberto Dinamite, considerado o maior ídolo da história do Vasco da Gama. Ele vinha realizando tratamento contra um tumor no intestino desde o final de 2021. A informação foi confirmada pelo ge.

Roberto teve uma piora no quadro e foi internado no sábado (7) no Hospital Unimed, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Carlos Roberto Gama de Oliveira nasceu em 13 de abril de 1954, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O apelido que marcou a carreira foi dado em 1971, após marcar o primeiro gol pelo Vasco em uma vitória por 2 a 0 sobre o Internacional. A manchete do Jornal dos Sports do dia seguinte foi a certidão de batismo: “Garoto-dinamite explodiu”. Ele tinha 17 anos.

No total, Roberto marcou 708 gols pelo Vasco. Com o clube, ele conquistou um Campeonato Brasileiro (1974) e cinco Campeonatos Cariocas (1977, 1982, 1987, 1988 e 1992).

Roberto Dinamite jogou pelo Barcelona, na Espanha, e teve passagens pela Portuguesa e pelo Campo Grande, no Brasil.

O ex-jogador foi eleito presidente do Vasco em 2008 e teve que lidar com o rebaixamento do clube. No ano seguinte, a equipe conquistou o título da Série B do Brasileirão, e em 2011 alcançou o inédito título da Copa do Brasil. Em 2013, entretanto, o Vasco caiu novamente para a Segunda Divisão, e Roberto encerrou seu segundo mandato no ano seguinte.

Mesmo com a saída, ele sempre esteve presente no clube. Em 2021, ele ganhou uma estátua na sede do clube, em São Januário. O valor arrecadado para a homenagem, R$ 190 mil, foi reunido em menos de seis horas entre os torcedores do clube.

Vasco

Roberto Dinamite  — Foto: Reprodução/ TV Globo

Roberto Dinamite — Foto: Reprodução/ TV Globo

Em uma postagem nas redes sociais, o Vasco da Gama lamentou a perda de seu maior ídolo.

“É com o mais profundo pesar que o Vasco da Gama recebe a informação que o #MaiorDeTodos nos deixou neste domingo. Carlos Roberto de Oliveira, o Dinamite, dedicou 29 dos seus 68 anos ao Clube, como atleta e Presidente. Te amaremos para sempre, Calu. Descanse em paz”, disse a postagem do clube.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, que é vascaíno, também lamentou a morte do ex-jogador.

“Meu ídolo desde criança. O cara que me fez viver as primeiras emoções com meu Vascão. Um ser humano generoso e amigo. Vai em paz, Dinamite. Obrigado por todos os momentos de alegria que você me proporcionou. Meus sentimentos aos familiares, amigos e a legião de fãs desse craque!”, disse o prefeito do Rio.

Roberto Dinamite  — Foto: Reprodução

Roberto Dinamite — Foto: Reprodução

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *