Marcelo Vale é acusado de crime de peculato, improbidade ao usar máquina do PAC em benefício particular em Nazarezinho

Uma grave denúncia veio a tona nesta terça-feira (17) do Município de Nazarezinho, no Sertão da Paraíba, aonde o Prefeito, Marcelo Vale, é acusado de praticar, em tese, crimes de peculato, e Improbidade Administrativa pelo fato de ter usado bens públicos, a fim de beneficiar-se como Gestor.

Consta na Inicial, assinada pelos Vereadores da base oposicionista, que o Senhor Marcelo Vale na condição de Prefeito, em tese, teria utilizado “Máquinas do PAC” para serviço de terraplenagem para a construção de uma Escola Estadual com 04 salas, convênio celebrado com o Governo do Estado no valor de R$ 728,6 mil.

Os fatos narrados na denúncia revelam ainda que no dia 10 de julho de 2022, o Senhor, Vilmar Silva de Sousa, mais conhecido por “Painho”, lotado na Secretaria de Educação do Município, fizera vídeo do local da obra em um dia de domingo, oportunidade que mostra a “Máquina do PAC” de propriedade do Município executando o serviço, que em tese seria de responsabilidade da Construtora que vencera o certame de nº 004/2022.

O documento apresentado pelos Vereadores da oposição de Nazarezinho junto ao Ministério Público, revela também empenho de nº 0004131/ de 03 de agosto de 2022 no valor  de R$ 91,8 mil refente ao serviço executado inicialmente, que ainda em tese deveria ter sido realizado pela Empresa vencedora da Licitação.

A Peça da denúncia solicita ao Membro do Ministério Público que investigue em toda a sua extensão os fatos constantes no Processo Inicial, o qual o Gestor Municipal, o Senhor, Marcelo Vale pode ter cometido crime de peculato, que seria também, Ato de Improbidade Administrativa, já que no mesmo ato, teriam sido usados a Máquina da Prefeitura em serviços de terceiro, uso de combustíveis, e mão de obra de forma irregular, pagos com o dinheiro da Prefeitura.

Essa denúncia considerada grave se encontra em Poder do Ministério Público do Município de Sousa que deverá abrir procedimento investigatório para apurar os fatos contidos na Inicial, apresentados pelos Vereadores da base de oposição que vem fiscalizando a administração do Prefeito Marcelo Vale que entra para o seu 3 ano de Gestão. 

Até o fechamento desta matéria, o Prefeito Marcelo Vale não tinha sido encontrado para comentar o assunto. 

Fonte: Repórter PB

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *