Menina de 5 anos morre ao levar soco do pai

Adrian Juliano Martins Herculano, de 21 anos, foi preso após confessar que matou a própria filha, Mirelly, de 5 anos, em Monte Santo de Minas, região sudoeste de Minas Gerais. Segundo a Polícia Civil, ele alegou que deu um soco na filha para “corrigi-la”, após a menina urinar no chão. De acordo com o depoimento dele, a criança caiu ao sofrer a agressão, bateu a cabeça e acabou morrendo.

Além do pai da menina, a polícia informou ao Terra que prendeu também a namorada dele, de 24 anos, em virtude de mandado de prisão temporária contra ela. As medidas foram cumpridas, respectivamente, no início da noite de terça-feira, 17, e na tarde de quarta-feira, 18. O inquérito policial foi instaurado ainda na terça, quando o investigado, acompanhado da advogada, esteve na Delegacia de Monte Santo de Minas, responsável pela investigação, e relatou que, no dia 12, teria agredido a filha com um soco após ela fazer xixi no chão pela terceira vez. Ele ainda apontou onde havia ocultado o corpo da vítima

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *