Treze, CSP e Nacional de Patos são inabilitados e não poderão receber patrocínio do Detran-PB; Sousa foi habilitado e vai receber R$ 300 mil

A Comissão de Avaliação de Patrocínio para Campanhas Educativas do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), voltado para os times de futebol masculino que disputam o campeonato paraibano, inabilitou os times do Treze, CSP e Nacional de Patos. 

O resultado final da fase de inscrição da chamada pública nº 01/2023, foi pública no diário oficial desta quinta-feira (16), após análise dos recursos apresentados a Comissão, que teve a seguinte formação:  Presidente Márcio Rogério Macedo Das Neves, matricula 1401-9, e os membros Alan Douglas Pereira BORGES, matricula 1657-2 e Geraldo Fernandes Gorgonho Neto, matricula 2003-6. 

Com a Inabilitação os clubes (Treze, o CSP e Nacional) vão deixar de receber o valor de R$ 150 mil por competição disputada.  

Sousa vai receber R$ 300 mil 

Após análise de recursos a comissão habilitou Sousa Esporte Clube, Botafogo Futebol Clube, São Paulo Crystal Futebol Clube e Sociedade Esportiva Queimadense. A equipe do Sousa, que disputa o campeonato paraibano e vai participar também da série D do Campeonato Brasileiro vai receber o valor de R$ 300 mil reais.

A parceria entre os Detran-PB e os clubes ocorre da seguinte forma: o time patrocinado vai utilizar a marca do órgão, expondo campanhas educativas do órgão nas camisas de jogo, treino, comissão técnica, além de banners nas entrevistas coletivas e também no site e redes sociais oficiais. Vale destacar que cada equipe vai receber o valor de R$ 150 mil por competição disputada, com exceção da Série A3 do Brasileiro Feminino, que receberá a quantia de R$ 100 mil.

Debate Paraíba

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *