‘Bom dia, ministro’ Em um hotel de luxo de Brasília, o advogado Cristiano Zanin tem sido chamado de ministro por hóspedes que passam por ele 

Na recepção de um hotel de luxo em Brasília, Cristiano Zanin dedicou boa parte da manhã desta quinta-feira (2) a responder a assédios de hóspedes. O advogado não deixou sem resposta nenhum “bom dia, ministro” que ouviu de quem passava pelo lobby. E foram vários.

As saudações ocorrem em meio a uma possibilidade que circula em Brasília de Zanin, advogado de Lula na Lava Jato, ser indicado pelo presidente para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal ainda neste ano. E uma cadeira está perto de vagar. É a de Ricardo Lewandowski, que deixa a Suprema Corte em maio, após 17 anos. Também neste ano, em outubro, Rosa Weber se aposenta. Os dois ministros foram indicados durante os governos petistas.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *