Gaeco prende delegado e advogada em Bayeux acusados de esquema para soltar presos envolvidos no tráfico

Uma operação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público estadual, desencandeada na manhã desta sexta-feira (10), prendeu um delegado e uma advogada acusados de envolvimento com soltura de presos envolvidos com tráfico de drogas na Paraíba. Conforme informações obtidas com exclusividade pelo Portal ClickPB, a operação denominada de Proditor está sendo realizada em parceria com a Polícia Civil do estado. 

Segundo apurou a reportagem do www.clickpb.com.br, o delegado preso é Luiz Carlos Monteiro Guedes. A prisão foi realizada no bairro do Sesi. Monteiro já atuou em diversas delegacias do estado. Além do delegado e da advogada, outros oito policiais civis são alvos da operação. A Polícia Civil e o Gaeco estão cumprindo mandados judiciais em 16 locais.

Entre os municípios onde ocorre a ação estão João Pessoa, Bayeux, Santa Rita e Recife (PE). Em João Pessoa, a Proditor realiza buscas no bairro dos Bancários. Estão sendo investigados os crimes de peculato, corrupção passiva e extorsão. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, são até oito policiais civis que podem estar envolvidos com o esquema de soltura de presos. 

De acordo com a Polícia Civil, em nota enviada às 6h42,  os crimes tem penas máximas somadas que extravasam trinta anos de prisão. Ainda segundo a PC, a operação conta com a participação de 50 servidores, divididos entre 10 Delegados de Polícia Civil, 40 agentes e escrivães, além de vinte e seis integrantes do GAECO/PB. 

*conteúdo em atualização

clikpb

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *