Efraim repudia fala de Lula contra Moro: “Não deveria o presidente levantar suspeitas sem provas”

O líder do União Brasil no Senado Federal, Efraim Filho, repudiou as declarações do presidente Lula (PT), que declarou nesta quinta-feira (23), que o plano descoberto pela Polícia Federal para matar o senador Sérgio Moro (União Brasil) era mais uma “armação” do senador.

Em nota, Efraim disse que era leviano levantar suspeitas sem ter provas e, consequentemente, colocar em xeque o trabalho desempenhado pela PF e demais instituições envolvidas na operação que desvendou os planos da facção criminosa.

“Não deveria o presidente da República levantar suspeitas, sem prova, acerca do plano de assassinato. Nós, do União Brasil e mais milhões de brasileiros, acreditamos na seriedade da Polícia Federal é demais instituições envolvidas na operação Sequaz”, diz trecho da nota.

Confira a nota na íntegra:

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *