Após audiência de custódia justiça mantém prisão de Marcos Barros, o ex-vereador vai para o presídio Sílvio Porto, em João Pessoa

O ex-presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, Marcos Barros, teve a prisão mantida em audiência de custódia realizada na manhã desta sexta-feira (31), no Fórum Criminal, em João Pessoa. O juiz criminal Salvador de Oliveira Vasconcelos determinou a transferência do ex-parlamentar para o Presídio Silvio Porto, no bairro de Mangabeira, na Capital.

Marcos Barros foi condenado e teve seu processo transitado em julgado por estupro de vulnerável com pena de oito anos e seis meses de prisão, com início de cumprimento em regime fechado.

O ex-vereador alegou ter sido vítima de maus tratos no momento da prisão. No caso, o juiz Salvador de Oliveira Vasconcelos determinou a apuração da acusação.

A prisão de Marcos Barros foi realizada nesta quinta-feira (30) por agentes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), em um edifício localizado no bairro do Expedicionários, em João Pessoa.

Por Silvano Dias

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *