Luciano Cartaxo critica Prefeitura de João Pessoa por contratação de empresa responsável por alargamento da orla de Balneário Camboriú

Luciano Cartaxo critica Prefeitura de João Pessoa por contratação de empresa responsável por alargamento da orla de Balneário Camboriú

Apesar das críticas da população e de especialistas no assunto, a Prefeitura de João Pessoa contratou uma empresa para realizar o projeto de alargamento de toda a orla de João Pessoa. Diante dessa ação, que é o primeiro passo para a descaracterização da orla paraibana, como a criação de espigões, o deputado estadual Luciano Cartaxo (PT) usou suas redes sociais para criticar a gestão do prefeito Cícero Lucena, que insiste em um projeto que não tem apoio popular nem justificativa plausível.

“O prefeito Cícero tentou esconder, dar voltas e até negar. Mas decidiu que vai mesmo atender aos interesses das grandes construtoras e já até contratou a empresa para fazer o projeto de engorda da faixa de areia em toda a orla de João Pessoa”, escreveu Cartaxo, destacando ainda que “a Alleanza Projetos e Consultoria é a mesma que fez em Camboriú, paraíso dos espigões à beira-mar. O que devemos esperar? Espigões, claro!”.

O deputado reforçou que esta intervenção vai descaracterizar a orla de João Pessoa, criando grandes prédios aos moldes do que já existe em Recife. “Vão transformar a orla numa selva de pedra, acabam com a vista e prejudicam a circulação do ar em toda a cidade. Não vamos aceitar isso! No que depender de mim, o projeto de destruição da orla não terá continuidade”.

A Prefeitura de João Pessoa publicou no Diário Oficial a contratação da empresa catarinense Alleanza Projetos e Consultoria para elaboração do projeto de alargamento da faixa de areia de toda a orla da Capital.

O contrato com a Alleanza tem o valor de R$ 275.502,40. Esta é a mesma empresa responsável pela intervenção nas praias de Balneário Camboriú (SC), intervenção que até hoje gera diversos problemas para quem vive na região.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *