Alexandre de Moraes dá 48 horas para Polícia Federal ouvir o general Gonçalves Dias

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que, em até 48 horas, a Polícia Federal colha o depoimento do general Marco Edson Gonçalves Dias, ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Moraes expediu a decisão no âmbito do inquérito do STF que investiga as autoridades ligadas aos atentados terroristas contra as sedes do Três Poderes em 8 de janeiro, mesmo que por omissão.

A determinação de Moraes, publicada na noite de quarta-feira (19/4), acontece após a CNN Brasil divulgar imagens que mostram G Dias, como é conhecido o general, circulando sem escolta no Palácio do Planalto. Quando encontra os extremistas, o militar apenas os orienta a sair do prédio, sem dar voz de prisão aos vândalos.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *